Curiosidades

Febre do Carrapato

Febre do Carrapato em Cachorros

febre do carrapato
Milhares de cachorros são infectados anualmente com doenças perigosas transmitidas por carrapatos. Carrapatos são parasitas que se ligam a cães, se alimentam de sangue e transmitem doenças diretamente no sistema sanguíneo do cachorro. As principais doenças transmitidas por carrapatos transmitidas aos cachorro no Brasil e no mundo são:

• A doença de Lyme, que vem do carrapato dos cervos, pode causar rigidez, claudicação, articulações inchadas, perda de apetite, febre e fadiga. Seu cão pode não mostrar sinais da doença até vários meses após a infecção.

• A erliquiose canina, encontrada em todo o mundo, é a mais comum e uma das mais perigosas doenças transmitidas por carrapatos conhecidas por infectar cães. Causada pelo carrapato marrom, os sintomas podem não aparecer durante meses após a transmissão e podem incluir febre, perda de apetite, depressão, perda de peso, olhos e nariz escorrendo, sangramentos nasais e membros inchados.

• A anaplasmose canina, também chamada de febre do cão ou febre do carrapato do cão, é transmitida do carrapato dos cervos. Os sintomas são semelhantes a outras doenças relacionadas a carrapatos, incluindo febre, perda de apetite, rigidez articular e letargia, mas também podem incluir vômitos, diarreia. Em casos extremos, os cães podem sofrer convulsões.

• A Febre Maculosa das Montanhas Rochosas vem do carrapato americano, do carrapato de madeira e do carrapato solitário da estrela. Os sintomas incluem febre, rigidez, problemas neurológicos e lesões na pele. Normalmente, a doença dura cerca de duas semanas, mas casos graves podem resultar em morte.

• A babesiose canina é tipicamente transmitida pelo carrapato americano e pelo carrapato marrom. Causando anemia, os sintomas também podem incluir gengivas pálidas, fraqueza e vômitos.

Bartonelose canina vem do carrapato marrom. Os sintomas são claudicação intermitente e febre. Deixada sem tratamento, esta doença pode resultar em doença cardíaca ou hepática.

Febre do Carrapato Tratamento

febre do carrapato

A chave para curar a doença transmitida por carrapatos é o diagnóstico e tratamento precoce. Existem vários antibióticos para tratar doenças transmitidas por carrapatos que são geralmente eficazes, especialmente nos estágios iniciais da doença. Como os antibióticos não diferenciam as bactérias “boas” das “ruins”, o tratamento antibiótico destrói as bactérias benéficas, juntamente com os organismos causadores de doenças. Converse com o seu veterinário para melhor entender qual melhor tratamento.

Seu Veterinário poderá também receitar para o seu cachorro, probióticos para evitar o desenvolvimento de problemas gastrointestinais. Certifique-se de seguir o plano de tratamento recomendado pelo seu veterinário corretamente.

Como Prevenir a Febre do Carrapato?

febre do carrapato

A variedade de possíveis sintomas associados a doenças transmitidas por carrapatos em cachorros faz com que o rastreamento da febre seja apenas possível visitando um veterinário.

Existem no mercado e em lojas Pets diversos produtos e medicamentos para prevenir carrapatos. Alguns veterinários sugerem uma coleira de carrapatos ou a vacinação preventiva ou Bravox que é um remédio em pilulas… Nenhum método oferece 100% de proteção.

Caso seu cachorro foi vitima de um ataque de carrapatos, você deve fazer o controle de pragas da região ou local que isso aconteceu. Se existirem muitos carrapatos no local que seu cachorro vive, chame um exterminador profissional deixe o local por algumas horas.

Verifique o seu cão para carrapatos diariamente durante a época do carrapato: primavera, verão e outono, ou durante todo o ano em climas mais quentes como é o caso do Brasil. Passe os dedos pelo pelo dele, aplicando pressão suficiente para sentir pequenas saliências. Se você sentir algo estranho como se fosse uma semente, puxe a pele para identificá-la. Um carrapato incorporado varia em tamanho, de uma cabeça de alfinete ate o tamanho de uma azeitona.

Carrapatos são geralmente preto ou marrom escuro. Dependendo do tamanho e localização do carrapato, suas pernas também podem estar visíveis. A doença transmitida por carrapatos pode ser transmitida dentro de 3 a 6 horas após a picada do carrapato.

Caso seu cachorro comece a perder o apetite ou ter diarreia, leve-o imediatamente ao veterinário.

Armadilha para combater Carrapatos

Se você mora em um ambiente com uma população alta de carrapatos, você pode construir uma armadilha gelo seco. Barato e fácil de construir, você precisar de:

  • Balde
  • Isopor
  • Tesoura
  • 2 Kg de Gelo Seco
  • Papelão
  • Fita Adesiva

Como combater Carrapatos

Comece perfurando quatro pequenos buracos no recipiente de isopor para permitir que os vapores de dióxido de carbono do gelo seco chame atenção dos carrapatos. Coloque gelo e feche o balde com o isopor com os furos. Coloque o papelão em cima do isopor e passe fita adesiva para grudar o papelão no isopor e fita adesiva voltada pra cima para que os carrapatos grudem na fita.

Coloque a armadilha próxima aos carrapatos que começarão a se mover na direção do dióxido de carbono que emite gelo seco e ficarão presos na fita adesiva.

Ler e Compartilhar:

Como descobrir se seu cachorro tem febre?

Qual o Cachorro mais bonito do mundo?

O que fazer se o seu cachorro estiver engasgado?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.