Curiosidades

Abelhas Jatai

Jatai Abelha

abelha jatai(Tetragonisca angustula): Embora as abelhas sem ferrão não tenham um ataque para afastar os inimigos, elas são capazes de defender suas colmeias. Anos atras descobriu-se que uma espécie de abelha brasileira, a abelha Jatai, que possuem uma serie de soldados que protegem a colmeia. Os lutadores ligeiramente maiores protegem a entrada do ninho e agarram os intrusos com suas mandíbulas poderosas no caso de um ataque.

abelhas jatai

Trabalhando em colaboração com pesquisadores brasileiros da Universidade de São Paulo e da Embrapa em Belém e biólogos da Universidade Johannes Gutenberg em Mainz (JGU) conseguiram identificar quatro novas espécies que produzem uma casta especial para defender seus ninhos. “Este não é, portanto, um caso solitário, pois parece haver uma variedade impressionante de organização social entre outras abelhas sem ferrão”.

Abelha Jatai Mel

MEL DA ABELHA JATAÍ tem qualidades infinitas para sua saúde, separamos algumas qualidades desse mel especial e essa abelha que é 100% brasileira.

Aumenta a resistência do organismo, contem, sais minerais, vitaminas, facilitar a assimilação e digestão de outros alimentos, reforça o organismo em luta contra as agressões, dar ao organismo maior resistência contra o cansaço físico.

O mel da abelha Jatai tem grande qualidade para pessoas cardíacas e ajuda contra varizes, caso você esteja com gripe e tosse, o mel da abelha jatai ajuda contra infeções na laringe e faringe.

Abelha Jatai e Comportamento

Existem mais de 500 espécies de abelhas sem ferrão em todo o mundo, 400 delas somente no Brasil. Eles formam sociedades altamente sociais com uma rainha e coletam pólen da mesma forma que as abelhas europeias. Muitas das espécies de abelhas sem ferrão, no entanto, estão impotentes aos ataques de ladrões. Essas abelhas, que também pertencem às abelhas sem ferrão, desistiram de procurar por pólen ou néctar. Em vez disso, eles invadem os ninhos de outras abelhas e roubam seu mel e pólen, até mesmo de cera e comida. Em 2012, no entanto, o Dr. Christoph Grüter e seus colegas descobriram pela primeira vez que os ladrões parasitas encontram dificuldades quando atacam uma colônia de abelhas Jatai (Tetragonisca angustula). A entrada do ninho é protegida por abelhas de guarda maiores que as outras abelhas operárias da colmeia.

Abelha Jatai – Defesa

Esses soldados são entre 10 a 30 por cento maiores que os operários de pólen da mesma colônia”. Os guardas maiores são melhores lutadores e os biólogos evolucionistas encontraram grandes abelhas de guarda principalmente em espécies que estão sujeitas a ataques freqüentes. Os autores postulam que os ataques de ladrões são a força motriz por trás da evolução de uma casta especial entre as abelhas operárias e, portanto, representam o fator que resultou nesta divisão mais acentuada do trabalho.

Até hoje, assumiu-se que a divisão do trabalho entre as abelhas é determinada principalmente pela idade. As abelhas jovens cuidam da limpeza do ninho e alimentam as larvas. À medida que envelhecem, aproximam-se da saída do ninho, de onde partem em expedições de busca de alimento. É uma questão diferente com as abelhas soldados. Eles são maiores que seus companheiros de ninho a partir do momento em que eclodem, o que significa que a divisão do trabalho em uma colmeia não é ditada apenas pela idade dos insetos, mas também pela sua morfologia.

Abelha Jatai – Video

Ler e Compartilhar:

Você conhece o cachorro Vinagre?

Quais animais estão em extinção?

 

Categorias:Curiosidades, Insetos

Marcado como:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.